Hotéis e Gastronomia

Localizado no coração da América do Sul, o Cerrado é considerado a savana mais rica do mundo em termos de biodiversidade, e abriga mais de 13.000 espécies de plantas (cerca de 5% de todos as espécies vegetais do mundo) em uma área equivalente aos territórios da Espanha, França, Alemanha, Itália e Inglaterra juntos.

Assim como a flora, a fauna também é exuberante. Além de uma diversidade assombrosa de insetos e outros invertebrados, é composta por mais de 850 espécies de aves, 251 de mamíferos, 482 de répteis e anfíbios e 1.200 de peixes. Entre seus animais mais emblemáticos estão sapo-flecha-do-cerrado, jacaré-anão, veado-campeiro, lobo-guará, tamanduá-bandeira, ema, tucanuçu, gralha-do-campo e a graúna.

E é no Cerrado, na divisa de 3 estados, Bahia, MG e Goiás que fica a Pousada Trijunção. Um verdadeiro achado para quem gosta de natureza, ecoturismo e muito conforto.

A pousada fica no município de Cocos e veio para cobrir a pouca oferta de pousadas de alto padrão na região. Tudo foi feito com muito capricho e bom gosto. A arquitetura da pousada está integrada perfeitamente na natureza ao redor.

O piso de cimento queimado lembra o solo arenoso da região, as madeiras usadas na estrutura do telhado não poderiam ser mais adequadas ao tipo de construção e a decoração, usando artesanato local, completam o ambiente chique e ao mesmo tempo rústico.

Aqui a pedida são as atividades ao ar livre. Banhos nos rios ou nas lagoas azuis-turquesa – onde também é possível fazer caiaque – , caminhadas, passeios de bike e safari são algumas das atividades oferecidas. Assistir ao por do sol é um espetáculo à parte. Ver o sol desaparecendo na mata rasteira do cerrado é único.

Entre as atividades noturnas esta a focagem de jacarés-anões no lago das Araras. Muitos animais do Cerrado estão mais ativos no final da tarde e início da noite, quando encontram proteção na escuridão e maior conforto térmico. É nesse momento que os hóspedes, acompanhados de guias especializados, tem a chance de embarcar em uma caminhonete safari especialmente adaptada para ver as diferentes espécies de aves noturnas, incluindo urutau, bacuraus e corujas; mamíferos como lobo-guará, raposa-do-campo, jaritataca, tatus, tamanduás, anta e com sorte até mesmo suçuarana e onça-pintada estão entre os animais que podem cruzar o nosso caminho.

Admirar a beleza do céu com uma profusão de estrelas que só se vê lugares afastados da civilização como aqui é outro programa obrigatório.

No restaurante o menu tem uma combinação única de comida mineira, goiana e baiana. Churrasco, picnic e café da manhã nas veredas, eventualmente, com violeiro cantando o acervo musical da cultura local fazem parte do dia a dia gastronômico da pousada.

Mas tudo isso tem um preço e não é nada barato. As tarifas para o quarto standard com refeições incluídas começa a partir de R$ 2500,00 a diária para o casal.

http://www.pousadatrijuncao.com.br/en/home/

 

Gosta do filme Frozen? Se sua resposta foi sim, acredito que vai se animar com a ideia que vamos dar.

Há 16 anos a mesma história se repete em todos os invernos boreais de janeiro a março no Canadá, Quebec. Imagine dormir em um hotel feito com 15 mil toneladas de neve e 500 toneladas de gelo, com tetos de mais de cinco metros de altura, paredes geladas cobertas com quadros e móveis talhados em blocos de gelo.

O Hotel de Glace tem atualmente 44 quartos com temperaturas que giram em torno de 3 a 5 graus, 2 salões de exposições, um hall majestoso, cinema, salão de recepções, restaurante e o famoso bar de gelo Absolut. Experimente tomar um coquetel em uma taça feita de gelo enquanto está sentado em uma pele de animal para te proteger das banquetas esculpidas no gelo.

A inspiração deste hotel nasceu na aldeia sueca de Jukkasjarvi, na beira do Ártico, que abriga o popular hotel de gelo Icehotel. Na verdade, existem vários hotéis de gelo nos países nórdicos.

A versão americana começou a se realizar em 1996 quando o canadense Jacques depois de conhecer o hotel de gelo sueco resolveu levar a novidade para o Canadá.

Quem é curioso e curte uma aventura comparece em peso, são quase 5 mil hóspedes anualmente, lembrando que são apenas 3 meses aberto. Como maior atrativo além do gelo está a oportunidade de viver uma experiência única.

Conheça um pouco mais desse hotel em www.hoteldeglace-canada.com.

Tem certos lugares no mundo em que escolher o hotel certo é tudo na viagem.
Se você estiver em uma grande metrópole qualquer hotel dentro de uma determinada faixa de preço é mais ou menos equivalente e nesse caso a localização é o que mais importa.

Há lugares porém em que o hotel é parte fundamental da viagem. A experiência de se hospedar em um ryokan no Japão, em um Riad em Marrakech, em uma tenda Berbere no deserto do Saara ou em um lodge no Quênia não tem preço.

Adoro ficar em hotéis que tenham a arquitetura local. É divino ficar em um espaço onde o material de construção, o mobiliário e os objetos de decoração e artesanato locais estão presentes. É uma imersão cultural. Fujo de hotéis de cadeia padronizados, todos iguais e sem graça nenhuma.

Minha nova descoberta fica em  Siem Reap, no Camboja.

Phum Baitang é um hotel de luxo com lindos jardins, piscina de borda infinita, restaurante de culinária local e 45 vilas em meio a campos de arroz...precisa falar mais?!

Dá uma olhada que show!