Hotéis e Gastronomia

O Bisate Lodge em Ruanda é um safari lodge  diferente de todos os que  você já viu. O hotel fica no norte do país aos pés das Montanhas Virunga. Os seis chalés cobertos e sapé estão estrategicamente colocados em uma colina e lembram ninhos gigantes no meio da mata. O visual é maravilhoso!

O lodge fica a 20 minutos de carro do Volcanoes National Park. É lá que estão as trilhas que te levam aonde moram os  gorilas-das-montanhas. O atrativo do local é justamente esse: fazer o trekking no meio da mata cerrada para observar as comunidades dos gorilas. Um programa pra lá de aventureiro!

A decoração do hotel é lindíssima. O artesanato local aparece em todos os cantos.  O tradicional tecido “kitenge” é usado na confecção dos uniformes dos funcionários, os lustres são de vidro de garrafas recicladas. Madeira, cadeiras de couro, linho e peles de animais completam o lindo visual. As noites geralmente começam (e terminam) com bebidas nos sofás de couro em frente a lareira do bar.

Todas as refeições são servidas no restaurante ou no terraço adjacente. As opções de almoço incluem pratos como peixe tilápia picante e salada de manga com molho de abacaxi e pimenta, espetos de pizza ou frango com molho de milho.  O menu do jantar muda diariamente, mas é sempre uma mistura de cozinha internacional (filé de carne com batatas dauphonise) e de influência africana (‘Kuku Paka’, frango da África Oriental com arroz). No café da manhã, há um buffet (iogurte grego com mel de Ruanda, frutas frescas, croissants), além de pratos quentes do cardápio.

Tudo isso tem um custo e não é nada barato. Diarias a partir de U$ 2000,00 o casal com tudo incluído.

Resolvemos viajar pela Espanha de carro e sem reservas de hotel, no estilo sem lenço sem documento e deixa a vida me levar… na hora do cansaço escolhíamos um hotel simpático e seja o que Deus quiser!

Em uma dessas paradas e meio  que por acaso achamos uma jóia de hotel da rede dos Relais Chateaux. O Hotel Atrio foi a melhor experiência em hotelaria da minha vida (achei que nesta viagem seria o Six Senses do Douro, mas estou duvidando ser melhor).

Um hotel impecável com atendimento personalizado e mimos sem fim.  Capricho e atenção em todos os detalhes desde a roupa de cama da Frette, prataria Christofle e  louça Limoges até ao delicioso perfume dos ambientes. O staff fica perfilado  na porta recepcionando os hóspedes como se estivessem ansiosos com a sua chegada. Apresentam o hotel como verdadeiros anfitriões com direito a tour pela adega (a maior da Europa em um hotel) e gentilezas sem fim!

O café da manhã é servido em um lindo terraço do tipo menu degustação com tudo de mais delicioso que pode haver.

Encantamento define o que estou sentindo.
Ahh! a cozinha tem 2 estrelas Michelin!

Só pra finalizar, fica dentro de uma cidade murada maravilhosa!!

http://bit.ly/2v82V30

Texto Eliana Ayala Walverde

Fui a Bariloche passar uns dias de férias e gostaria muito de indicar o hotel que escolhi, que descobri meio sem querer. Se chama Hotel Cacique Inacayal. É um 4 estrelas (mesmo) de muito bom gosto, com uma vista sensacional para o lago (quarto superior) e pertinho do Centro Cívico. Super silencioso e aconchegante.

Resultado de imagem para hotel cacique inacayal bariloche

Tem uma piscina aquecida coberta, jacuzzi e spa para relaxar. Não comi no restaurante, mas estava sempre cheio e o café da manhã era super farto e variado. Eu estava com carro alugado, o que recomendo muito porque facilita demais, principalmente para quem vai esquiar e quer passear sem depender dos ônibus de turismo, além de poder ir aos restaurantes mais afastados com facilidade. Porém o hotel é perto o suficiente de vários restaurantes que se pode ir à pé. Superou muito minhas expectativas.

PS: Aproveito para dizer que também me surpreendi positivamente com o ski em Bariloche. Tinha o maior preconceito porque sei que em Julho há uma invasão de brasileiros por lá. Porém nessa época de Agosto é muito tranquilo. Não é vazio, mas as filas não são grandes.

http://www.hotelinacayal.com.ar/