Cuba

Descoberta por Cristóvão Colombo em 1492, permaneceu sob domínio espanhol até 1898, quando foi negociada com os Estados Unidos, tornando-se independente quatro anos depois – o que não impediu que a influência americana na economia e na política do país durasse quase seis décadas, até que a Revolução Cubana, comandada por Fidel Castro, pôs fim à ditadura de Fulgencio Batista, em 1959.O domínio comunista de Fidel Castro sobre a ilha levou ao embargo de produtos do mundo capitalista, o que faz com que um passeio pelas ruas da capital, Havana, dê a impressão de que ainda estamos nos anos 50.Devido ao embargo econômico Cuba ficou isolada e completamente fora do contexto mundial. Havana parece cenário histórico, um lugar de filme antigo, com carros da época como os Cadillacs rabo de peixe e prédios que de arquitetura europeia bem bonita, mas que estão todos destruídos como se a cidade tivesse passado por uma guerra. Portanto se procura luxo, conforto e sofisticação, não é Cuba que fará isso por você. Mas por outro lado se o seu interesse for a alegria, o colorido, a arquitetura dos casarões, a história, e o mar do Caribe, aí sim você vai gostar!

Dinheiro

O dinheiro usado pelos turistas é o Peso Convertível, o CUC que equivale algo próximo ao Euro. Na saída do país tem você terá que pagar uma taxa em dinheiro vivo. Convém verificar o valor da taxa e separar o dinheiro assim que chegar para evitar surpresas no fim da viagem.

Onde Ficar

América CentralCubaFicar

Gran Hotel Manzana Kempinski La Habana

Calle San Rafael
Habana Vieja, Cuba
Website

Ótimo hotel, muito bem cuidado, localização excepcional, quarto elegante, limpíssimo e serviço impecável.  Banheiro amplo e com tudo o que você precisa.

O terraço tem uma vista linda e uma piscina de tirar o fôlego! O por do sol visto de lá é sensacional!

América CentralCubaFicar

Iberostar Parque Central

Neptuno e/ Prado y Zulueta
Habana Vieja, Cuba
Website

Se ficar no Parque Central peça para ficar na parte antiga do hotel. A ala nova é horrível…

O hotel é bem localizado, mas o lobby parece uma rodoviária de tanta gente entrando e saindo.

Dá para ir a quase todos os lugares da cidade a pé. Quartos imensos. O café da manhã é muito bom.

América CentralCubaFicar

Melià Buenavista

Pedraplén a Cayo Santa María, Cuba
Website

Fica em Cayo Santa Maria. Resort com 3 praias particulares. Segundo eles mesmos: uma praia para mergulhar, outra para nadar e uma para o pôr do sol (onde todo final de tarde tinha um músico tocando jazz – saxofone, clarineta – e taças de espumante). Água transparente, areia branca e muitos peixes a 50 metros da praia para ir nadando e colocar snorkel. Tudo lindo. Só italianos e espanhóis se hospedando. Cuba é cheia de contrastes!

América CentralCubaFicar

Oleo Habana

Calle 25, 1007A e/2 y 4 Vedado
Havana, Cuba

Essa antiga casa colonial foi maravilhosamente bem restaurada. A decoração é uma mistura de arte moderna com mobiliário clássico. Os quartos são muito agradáveis, muito limpo, banheiro moderno com um chuveiro de efeito chuva. Bom ar condicionado também.

O café-da-manhã é incrível é servido em uma pequena e aconchegante área com portas abertas para o jardim. Parece que você está em uma casa particular, mas com o serviço de um hotel 5 estrelas.

Fica em Vedado a cerca de 8 – 10 minutos de táxi para o centro da cidade velha.

Onde Comer

América CentralComerCuba

El Atelier

Calle 5ta e/ Paseo y 2, Vedado
Havana
Website

Renovações recentes melhoraram o lugar enquanto a comida continua excelente. O Atelier é dirigido por Niuris Higueras, que tem paixão por cozinhar. O cardápio muda todos os dias. Menu eclético e bem variado. Tem de tudo desde falafels, pato confitado, lomito de res com camarões e espuma de aipo al olivo. Sobremesas comuns, mas boas como pudim, tortas e sorvetes.

América CentralComerCuba

La Guarida

Miramar
Playa, Havana

Não deixa de reservar o restaurante La Guarida para jantar um dia. É um dos melhores de Havana, numa casa de cômodos linda, bem caindo aos pedaços no estilo de Havana.

O prédio é um espetáculo à parte!! Fica no terceiro andar de um edifício abandonado que deve ter sido lindo nos seus áureos tempos. No segundo andar tem um varal com os guardanapos de linho secando no meio da sala. Do bar tem-se uma vista linda de Havana.

Comi um frango com molho de mel fantástico. E uma sobremesa aos 3 chocolates que, meu Deus…

América CentralComerCuba

Sia Kará

Calle Industria no 502
Havana
Website

Um lugar muito agradável, com um ótimo atendimento e o melhor mojito que tomamos em Havana. A comida também surpreendeu, o ratatouille de atum estava excelente, quase inimaginável de ser encontrado em para um lugar com cara de bar moderno. A música era perfeita para quem desejava ouvir uma boa música e ter um descanso da música cubana.

O Que Fazer

América CentralCubaFazer

Fábrica de Arte Cubano

Havana ganhou um centro multimídia de arte, o Fábrica de Arte Cubano, instalado na antiga estação elétrica da cidade que data de 1905. O espaço promove o trabalho de locais, seja nas artes, dança, literatura, arquitetura, teatro e música.

O epicentro dessa nova Havana, que atraiu entre outros eventos o show dos Rolling Stones e o desfile da Chanel.

Nada ali denuncia que estamos na América Latina, menos ainda na Cuba do imaginário ocidental – Berlim ou Brooklyn são referências estéticas mais precisas.

América CentralCubaFazer

Finca Vigía

A casa de campo onde o escritor americano Ernest Hemingway viveu de 1939 até o fim de seus dias Cuba é hoje um museu que guarda uma valiosa coleção de objetos pessoais, de mais de 9.000 livros a espingardas e troféus de caça. A exibição preserva a disposição original de quartos e objetos na casa. Pilar, seu antigo iate, também está neste local.

América CentralCubaFazer

Havana

Em Havana, faça como Ernest Hemingway: um daiquiri no “El Floridita” e um mojito em “La Bodeguita del Medio”.

A cidade é segura, limpa e o povo extremamente gentil. Se você quiser agradar as cubanas tenha na bolsa vidrinhos de esmalte, batom, sabonetes, elas adoram.

A famosa fábrica de charutos Partagás tem visita guiada para conheçer todo o processo de fabricação dos puros mais incensados charutos do planeta.

Vale a pena o passeio ao mercado no centro, tem muito artesanato, quadros, bolsas, esculturas.

Outra caminhada interessante é em Habana Vieja, calle Obispo. Lá tem uma botica (farmácia espetacular), parece que você está no início do século. Além disso, é imperdível uma visita ao Hotel Ambos Mundos, onde o Hemingway morou.

Um pouco mais afastado do centro, existe o bairro Vedado e o Setor das Embaixadas. Acho interessante conhecer a marina Hemingway. Turista tem acesso, sem problemas.

Outro passeio fora de Havana é em Cojímar, fica uns 40 minutos do Centro de Havana. É uma vila de pescadores. Tem um restaurante “La Terraza”, muito bom.

América CentralCubaFazer

Maria La Gorda

A área de mergulho em Maria La Gorda na Enseada de Corrientes é uma das áreas mais protegidas em Cuba, está dentro dos limites de uma da reserva. 
Tem um desenvolvimento surpreendente de recifes de coral que fica à uma distância muito curta da costa. 
Já a 5m você verá grandes recifes isolados do coral, com uma fauna sensível e abundante, especialmente gorgônias e mais de 20 espécies de coral e uma infinidade de peixes de pequeno e médio porte. Lagostas, moreias e caranguejos podem frequentemente ser vistos. 
A partir dos dez metros estes recifes se juntam cada vez mais, dando forma ao que eles chamam de Recifes dos” hillocks”, são altos corais cortados por canais e pelas passagens, com paredes que caem profundamente.
 Especialistas consideram que o fundo do mar em Maria la Gorda está entre os Top 10 das Américas, devido à sua abundante vida marinha e corais extraordinariamente belos. 
Outra grande vantagem deste destino é o tempo de navegação que vai de 03 a no máximo 15 minutos para o mais distante. Mergulhadores vão encontrar uma grande quantidade de paredes verticais, canyons, túneis e cavernas, e até mesmo os restos de galeões espanhóis. 
Entre os peixes que se movem ao longo das paredes você verá barracudas, badejos, garoupas, enguias e diversos outros animais migratórios além de raias e tubarões. 
E com um pouco de sorte você pode observar algumas raias mantas e tubarões de grande porte incluindo aí o tubarão baleia nos meses de agosto e setembro.

América CentralCubaFazer

Museu da Revolução

Imperdível para quem quer conhecer um pouco da história de Cuba, pelo menos pelos olhos dos cubanos. A grande maioria dos objetos expostos no museu celebram a luta de Cuba contra a ditadura de Fulgencio Batista que controlou o país durante a maior parte da década de 1950, especialmente a história e as ações do Movimento 26 de Julho, liderado por Fidel Castro. De equipamento de tortura a veículos, aviões e armas que refletem a crueldade e o poder do ditador, a uniformes e objetos pessoais que falam de uma oposição com menos recursos e mais resolução, a coleção conta a história de um confronto de forças desiguais. Além da coleção interna, abrigada pelo antigo Palácio Presidencial de Cuba, há uma exposição ao ar livre que, entre outras peças grandes, inclui o Granma Yacht usado por Fidel Castro e seus homens para retornar ao Cuba do exílio no México em 1952.

América CentralCubaFazer

Museu de Artes Decorativas

Se você quiser ver como os cubanos realmente ricos viveram antes da Revolução, visite esta bela e antiga casa da Condessa de Revilla. Com a chegada de Fidel a Condessa, pertencente a uma das famílias mais abastadas de Cuba, fugiu para Europa e e deixou para traz sua casa montada

Ela escondeu parte de suas obras de arte e toda a prataria em buracos na parede e no sótão que só foram descobertos muito tempo depois na época da restauração da mansão.

Cada sala do museu é uma masterclass em decoração de interiores. Luxuosos móveis, esculturas e todos os tipos de peças que datam do século 16 são combinados com bom gosto e agrupados em diferentes salas dedicadas a estilos individuais. As salas Art Nouveau e Art Deco, por exemplo, incluem peças dos mais importantes fabricantes desses estilos, como Louis Confort Tiffany, Emile Gallé, René Lalique e Demetre Chiparus. A coleção é composta por mais de 33.000 peças, pelas marcas e fabricantes mais exclusivos do mundo, incluindo a francesa Sèvres, Paris, Chantilly, Limoges e Derby da Inglaterra, Chelsea, Wedgwood, Worcester e Staffordshire.

Esta casa, agora Museu, dá a dimensão de como se vivia em Havana nos anos 50. Realmente vale a visita!

América CentralCubaFazer

Museu de Belas Artes

Embora o Museu Nacional de Belas Artes seja uma instituição única, na prática as coleções cubana e internacional são divididas em dois edifícios separados. Dos dois, a coleção cubana é, sem dúvida, a mais valiosa, além de estar em um edifício de arquitetura neoclássica lindíssima que por si só vale a vista. Note o grande vitral no teto do museu.

Pinturas, esculturas, gravuras e instalações de alguns dos melhores artistas cubanos da história podem ser vistas aqui. Organizada em ordem cronológica, a exposição começa com obras do século XVI, evoluindo através de diferentes períodos de formação da identidade cubana – só no início do século XX começaram a ser apreciados estilos mais autênticos e distintos. Do boom da arte moderna na década de 1930 às obras inspiradas pelas mudanças que se seguiram à revolução de 1959, até os anos 1990, após o colapso da União Soviética, esta coleção oferece um retrato fascinante da história e da cultura cubanas.

América CentralCubaFazer

Trinidad

Foi onde começou a colonização da ilha pelos espanhóis. A cidade parece ter ficado no séc. XVI. Ruas de pedras, casinhas uma do lado da outra. Também tem muita floresta, cachoeira e praias na região. Pra mim valeu mais a pena que Varadero (extremamente turístico, não é Cuba de verdade).

Trinidad é uma cidade pertencente à lista de Património Mundial da UNESCO desde 1988. Com um centro histórico muito bonito, Trinidad é tudo o que espera de uma cidade cubana: edifícios coloniais espanhóis, carros clássicos americanos, tranquilidade, música pelas ruas e pessoas muito simpáticas.