BlogLugares Incríveis

Diamantina, um Tesouro em MG

Posted

Diamantina é um desses lugares que devemos conhecer no Brasil. Fica no norte de Minas Gerais onde a natureza é exuberante, o patrimônio histórico é preservado e tem muita comida boa.

Para se chegar a Diamantina partindo de Belo Horizonte, a viagem é de 4 horas aproximadamente. A vegetação densa da Mata Atlântica vai dando lugar ao Cerrado. Ao se entrar no Vale do Jequitinhonha surgem os paredões de pedra e uma imensidão de vales e planícies a perder de vista.

Diamantina, que tem o título de Patrimônio Cultural da Humanidade desde 1999, notabilizou-se por ter sido palco de alguns dos mais importantes episódios da história do Brasil. Lá nasceu e cresceu o presidente Juscelino Kubitscheck e foi lá também que se deu um dos maiores escândalos do Brasil-Colonia: o romance de João Fernandes e da escrava Chica da Silva.

Passear pela cidade exige preparo físico. O sobe e desce das ladeiras de pedra levam a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, erguida no século XVIII pelo contador João Fernandes que por um capricho de sua amante Chica da Silva, colocou a torre do sino no fundo da igreja. Não deixe de conhecer a Igreja de São Francisco de Assis, de 1762, que impressiona com seu enorme frontão de madeira na porta principal e seu retábulo folhado a ouro. Veja também o Passadiço da Glória, que liga os casarões que abrigavam o Educandário Feminino de Nossa Senhora das Dores, construído para que as freiras e alunas pudessem transitar a salvo dos olhares masculinos e a Catedral de Santo Antonio das Sé.

Dicas de turismo em Diamantina

O Que Comprar

Lojas do Centro Histórico vendem as típicas bonecas de ceramica do Vale do Jequitinhonha e peças feitas em madeira, fibras de capim dourado e sempre-vivas. Também no centro está a Joalheria Pádua, inaugurada em 1888, é a mais antiga em funcionamento do Brasil, que está nas mãos da mesma família até hoje

Feira de artesanato do Vale do Jequitinhonha é realizada em ...

O maior destaque entre as opções de compras em Diamantina é o antigo Mercado dos Tropeiros, hoje Mercado Municipal de Diamantina. Todo sábado acontece no mercado uma ótima feira, onde são vendidos produtos culinários e artesanatos. No Mercado dos Tropeiros (ou Mercado Velho), é possível comprar algumas delícias, como queijos, doces, pimentas, pratos típicos e ainda sair com belas peças do artesanato local. O restante das lojas funciona durante a semana e aos sábados pela manhã.

Lei abre mercado para queijo Minas artesanal no país | O TEMPO

O Que Fazer

Visite o Parque Estadual do Rio Preto, cuja a entrada fica a 1 hora e meia de Diamantina. Ao longo do Rio Preto existem muitas cachoeiras caudalosas como as Cachoeiras do Crioulo e a Sempre Viva e piscinas tranquilas até para crianças. A formação montanhosa, com as mesmas características da Chapada Diamantina, exibe picos de até 1826 metros de altitude. É possível fazer trilhas curtas de poucas horas ou mais longas de dias, obrigatoriamente com guias locais.

Bem mais perto no Parque Estadual do Biribiri, está a Cachoeira da Sentinela e a bela paisagem no entorno. No miolo da reserva há uma antiga vila operaria construída no final do século XIX com casas coloniais que hoje são alugadas para veranistas. Belas paisagens e clima de fazenda, o local, antes casa dos funcionários de uma fábrica de tecidos, hoje recebe visitantes para dias no campo, banho de cacheira e, claro, comidas típicas. Há duas opções de restaurantes no local: o restaurante Raimundo Sem Braço e o restaurante do Adilson. Os dois servem comida mineira debaixo da sombra das árvores, mas o primeiro oferece apenas opções à la carte e o segundo funciona também como self-service.

Outro bate e volta que vale a pena incluir no roteiro é a vizinha Serro, a 90 km de distancia, cidade famosa pelos queijos. Visite o Centro Histórico, ainda mais antigo que o de Diamantina, e a Igreja de Santa Rita, do século 18. Na loja do Queijo do Cedro é possível agendar uma visita à fazenda da família onde é possível acompanhar da ordenha à produção.

Onde Ficar:

Pousada Canto das ÁguasVista Posterior da Pousada - Foto de Pousada Canto Das Águas, São ...

A Pousada é muito aconchegante. Fica em um casarão do século XIX, que pertenceu à neta de Chica da Silva, tem 11 suítes repletas de antiguidades e recebe hóspedes somente com reserva. Comida mineira excelente e o café da manhã muito bom. A grande maioria dos alimentos servidos na Pousada Canto das Águas é produzida nas cozinhas da própria pousada. Na diária está incluído o café da manhã, almoço, e caldos a noite. Durante todo o dia tem café, chá e biscoitos caseiros a disposição. A pousada possui uma piicina de água corrente e uma grande bica d’água. Ainda tem uma caverna que pode ser visitada com apenas 20 min de caminhada. A pousada fica perto do parque estadual do Rio Preto que vale muito a pena uma visita.

Pousada Pouso da Chicaphoto0.jpg - Foto de Pouso da Chica, Diamantina - Tripadvisor

Uma das mais acolhedoras pousadas de Diamantina, o Pouso da Chica preserva a memória e a história dos casarões coloniais da cidade secular em edificações que datam dos séculos XVIII e XIX.
Situado no Centro Histórico da cidade, o Pouso da Chica foi idealizado com uma verdadeira casa de hóspedes, numa atmosfera acolhedora e confortável, unindo o charme típico da arquitetura colonial aos requintes da hotelaria contemporânea.
Adaptado em dois casarões dos séculos XVIII e XIX, cuidadosamente restaurados, o Pouso da Chica oferece conforto e requinte a quem deseja relaxar e descansar com qualidade e conforto. pousodachica.com.br

Pousada do GarimpoPousada do Garimpo (Brasil Diamantina) - Booking.com

Esta pousada fica localizada a 800 m do centro de Diamantina e dispõe de piscina ao ar livre, jardim e sauna. Você pode desfrutar de vista panorâmica a partir do seu terraço e relaxar na sala de TV. Para sua comodidade, o acesso Wi-Fi é gratuito. pousadadogarimpo.com.br

Onde Comer:

Mr Chef – Definitivamente o melhor restaurante que eu fui em Diamantina. O cardápio dele é vasto e possui opções deliciosas. Sem contar que há muitas opções vegetarianas, isso ganhou meu coração. O restaurante oferece entradas, pratos principais, sobremesas, hambúrgueres, cremes, quesadilhas e muitas outas delícias.

O Garimpeiro – Este restaurante está situado dentro da Pousada do Garimpo e mostra o sabor da real comida mineira. Aqui servem pratos típicos e preparados pelo Chef Vandeca como o bambá do garimpo à base de feijão e costelinha defumada frita da banha de porco.

Relicário – Está localizado na principal praça de Diamantina, ao lado do Mercado Velho. Neste restaurante se encontram excelentes pratos mesclando comida mineira e internacional.

Apocalipse – Com certeza esse é o melhor restaurante para você almoçar em Diamantina. Ele está localizado no centro da cidade, na mesma praça do Mercado Municipal. As refeições são servidas em estilo self-service e oferecem uma grande variedade da boa comida mineira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *