Quiosques agilizam imigração nos EUA

O Programa Automated Passport Control (Controle de Passaporte Automatizado) começou a ser implantado em 2014 e está em expansão. Os quiosques escaneiam a página de identificação e a do visto, apresentam perguntas padronizadas da alfândega (dinheiro em poder do visitante, itens de origem animal, lugares visitados), coletam a fotografia e as impressões digitais e, no fim, imprimem um recibo.

Os brasileiros que estiveram nos Estados Unidos pelo menos uma vez desde 2008 podem usar os quiosques APC, que estão em 33 aeroportos do país – Orlando, Miami, Nova York, Las Vegas e Los Angeles incluídos (não quer dizer que todos os terminais desses aeroportos tenham essa facilidade). Outros nove pelo mundo têm as máquinas, o que significa que o viajante faz a imigração dos Estados Unidos antes de embarcar no voo em direção ao país: Aruba, Abu Dabi, Dublin, Nassau e, no Canadá, Edmonton, Halifax, Montreal, Toronto e Vancouver.

O processo todo é explicado em um vídeo no avião meia hora antes do pouso.

O cara a cara com o agente da imigração vem só depois que pegar a mala e sem espera. Ele pega o recibo impresso no quiosque, pergunta o que vai fazer os Estados Unidos e carimba o passaporte. A questão acaba por melhorar o tráfego dos passageiros diminuindo o tempo de espera.

A partir daí é só curtir a viagem com tranquilidade!

Parceiros