Quer ver a aurora boral? Viaje ese ano, ou espere mais dez

 

Quem não sonha em ver o colorido da aurora boreal dançando pelo céu? A procura pelo fenômeno que está na wishlist de 10 entre 10 viajantes teve um boom nos últimos cinco anos. Seriam as fotos nas redes sociais? O acesso mais barato aos países aos norte, como a Noruega e a Islândia, através das companhias low cost? Provavelmente os dois.

Mas uma notícia anda preocupando quem ainda não teve a oportunidade de caçar a Aurora Boreal: a busca, que já era difícil por depender de diversos fatores climáticos, ficará ainda mais nos próximos dez anos.

Aurora Borealis in Finnish Lapland from Flatlight Creative House on Vimeo.

 

A explicação científica é o fato da aurora boreal acompanhar um ciclo solar que dura 11 anos, dependendo de grandes erupções solares para acontecer. Em 2017 este ciclo solar entra em sua fase de queda, diminuindo drasticamente a frequência da aparição da querida Aurora ao redor do mundo.

Isso significa que até 2026 será impossível ver a Aurora Boreal? Não, a caça só será mais difícil.
Quer mais algum motivo para planejar essa viagem ainda para 2017?

Se seu destino em busca da Aurora Boreal inclui a Islândia, fizemos um post com dicas de como planejar sua viagem, onde se hospedar e um roteiro completo para conhecer a costa do país.

 

[Foto em destaque: Andi Gentsch Aurora Borealis]

Parceiros