Salinas de Maras – as mais lindas do mundo

As Salinas de Maras estão localizadas na província de Urubamba, em um dos lugares mais lindos do Vale Sagrado dos Incas, a 46 km da cidade de Cuzco e a 3.380 m de altitude.

As salinas são exploradas, desde a época dos Incas, com o mesmo método daquela época. A exploração dos currais é feita de forma artesanal pelas famílias da região em uma área dividida em cerca de 4 mil “piscinas de sal”. Cada família cuida de até 40 “canteiros” diferentes.

Segundo a lenda, os primeiros Maras surgiram das histórias de Ayar Cachi – “Senhor do Sal” – que se converteu em montanha, nas cercanias de Cuzco. E assim formou-se seu povo para o qual esta montanha guardaria grandiosas minas de sal no seu interior.

Da nascente natural subterrânea emerge, através de um olho d’água conhecido como Qoripujio, a água corrente e salgada.

O fluxo é direcionado para um complexo sistema de pequenos canais construídos de modo que a água corra para baixo de maneira a encher gradualmente as várias centenas de piscinas organizadas em terraços, que acompanham as curvas de nível, formando uma espécie de escada.
Esta água vai sendo represada nas lagoas e o resultado é uma grande colcha de retalhos branca que reflete a luz em mil cores.

Com o aquecimento da água pelo sol, ela se evapora das piscinas e o sal fica acumulado no fundo. Então o fluxo de água é fechado e após alguns dias o sal é raspado e recolhido. Este processo dura aproximadamente 1 mês e corresponde a 4 ciclos de enchimento e evaporação de cada curral, no final do qual extrai-se o sal.

Daqui resultam 3 tipos de sal: o sal de terceira categoria, utilizado na alimentação dos animais, que está em contato com o solo apresentando por isso uma cor acastanhada; o sal de primeira, de cor branca existente na camada superior ao de 3ª e o sal extra, mais claro que corresponde à camada superficial.

A paisagem é única, o visual é incrível! Vale a pena o passeio!

Parceiros