Bergen

Desde a sua fundação em 1070, Bergen tem atraído pessoas dos quatro cantos do mundo. Algumas só de passagem, outras que decidiram ficar, tornando a cidade a mais internacional da Noruega. A cidade cresceu tanto em torno de seu porto colorido, que se tornou a maior cidade nórdica no século XIII e foi transformada na primeira capital da Noruega. Sua importância era tão grande que os alemães estabeleceram um posto no cais da cidade, conhecido até hoje por Bryggen.

Bergen é a porta de entrada para os fiordes da noruega. Os fiordes são entradas de água do mar em canais formados pela erosão glacial. Na chamada erosão glacial, o gelo arrasta o que encontra pela frente, arrancando pedaços de rocha. O resultado são vales estreitos e com paredões muito íngremes, como os que caracterizam os fiordes.  O resultado dessa ação da natureza é incomparável e de tirar o fôlego!

Pequena e charmosa Bergen é ótima para se conhecer a pé.  Casebres de madeira pintadas em várias cores, ruas de paralelepípedos  e flores por todo lado. Apesar do clima frio durante a maior parte do ano, o passeio é muito agradável e o povo muito acolhedor.

O que visitar em Bergen

Funicular Fløibanen para o Monte Fløyen – Com saídas diárias, fica bem próximo ao Bryggen  A subida é rápida, cerca de 8 minutos, com vista panorâmica. No topo do monte, restaurantes, lojas de souvenirs, atrações e a vista de Bergen espetacular.O melhor horário é no final da tarde para acompanhar o por do sol.

Bryggen – Mantido tal qual no século XI, tornou-se  herança cultural e suas casas são hoje Patrimônio Mundial da UNESCO. Lá estava a Liga Hanseática uma comunidade de mercadores que comercializavam  o bacalhau pescado no mar do norte e distrubuído para a Europa. Muito interessante saber como viviam essa pessoas. Algumas casas originais da época foram são pequenos museus e outras foram reformadas e transformadas em restaurantes, lojas e hotéis.

Fish Market – Não tem como ir para Bergen e não comer peixe. E o melhor lugar para isso é o Fish Market. Com mesinhas ao ar livre, num clima bem agradável, os turistas podem desfrutar um banquete de frutos do mar. O melhor salmão, marisco,bacalhau fresco, caviar, camarão, lagosta e até carne de baleia.

Hospedagem – Hotel Det Hanseatiske

Situado no Bryggen, é o hotel mais luxuoso da cidade, mesmo que por fora não pareça. Na construção, algumas paredes originais, bem como a fachada, foram mantidas, fazendo com que os hóspedes se sintam numa viagem no tempo. Por outro lado, disponibilizam 37 quartos completamente diferentes, misturando rústico e luxo. Ainda contam com três restaurantes (cozinha tradicional e internacional) e um bar. Tudo isso procurando tornar a experiência única e memorável. O hotel tem um site super bacana, em inglês, com fotos incríveis e mais informações, inclusive quanto a diversidade dos quartos.

Site do hotel.

Parceiros