Pablo Picasso no Grand Palais em Paris

A mais nova mostra sobre Pablo Picasso, recém-aberta ao público no Grand Palais em Paris, é uma das melhores atrações da temporada.

A exposição Picasso.mania revisita a obra do espanhol pelo trabalho de artistas influenciados por ele nos últimos 50 anos. É um percurso sobre os “seguidores”de Picasso, uma coletânea de artistas influenciados pelo gênio. A idéia de Didier Ottinger, curador da mostra, é demosntrar que ao longo da segunda metade do século 20, Picasso deixou só de ser um pintor importante para se tornar um mito que influencia artistas das mais variadas origens e nacionalidades até os dias de hoje.

Foram selecionadas 100 obras-primas de Picasso, expostas à comparação com trabalhos de artistas do nosso tempo. É a lógica inversa da exposição Picasso e Seus Mestres, realizada em 2009 e que se tornou o maior sucesso de publico do Grand Palais, com mais de 780 mil visitantes.

De ínicio, fica clara a penetração do trabalho de Pablo Picasso mas no decorrer da exposição  a tese  é exposta de maneira pouco didática. Os organizadores da exposição Picasso.mania parecem ter decidido que não é mais necessário explicar o mestre catalão ao grande público, e sim falar àqueles com alguma iniciação no tema.

A cada uma das 15 seções, uma obra de Picasso é evocada – por sua presença física ou não – por artistas que a reinterpretaram de alguma forma. Guernica, por exemplo, inspira Rudolf Baranik a criar Stop the War in Vietnam Now.

Um dos pontos altos para o grande público é o trabalho de artistas do Pop Art, que, sem surpresa, transformam Picasso em uma espécie de marca. É o caso de Roy Lichtenstein, com Picasso Goes Pop, e Andy Warhol, com Head.

Ótimo programa cultural em Paris, até 29 de fevereiro de 2016

 

Picasso Mania

Grand Palais

Galeries Nationales

De 7/10/15 a 29/02/16

3 avenue du Général Eisenhower, 75008
Como chegar: Metrô Linhas 1 e 13, estação Champs-Elysées-Clemenceau

Site: www.grandpalais.fr/en/event/picassomania

Parceiros