Espanha em 20 dias

A Espanha é um dos países que está na lista de muitos brasileiros. Regado de muita cultura, o país é bem maior do que imaginamos e não deveria ser desbravado em uma só viagem.

Criamos um roteiro de 20 dias que vai te ajudar a organizar o cronograma da sua próxima viagem pela região, seja de carro, transporte público ou avião.

Confira nossas dicas e tenha 20 dias incríveis!

Dia 1

Programe sua passagem para chegar a Madri e fique lá por 5 noites. Esse tempo é suficiente para conhecer os principais pontos da cidade. No dia em que chegar, faça um passeio pelos bares de tapas da Calle Cava Baja, perto da Plaza Mayor.

Você terá 4 dias inteiros em Madri, mais o dia da chegada e da partida. Utilize esses dois dias para fazer excursões às cidades próximas de lá, como Ávila e Salamanca. Ou quem sabe conhecer alguns dos museus mais importantes do mundo, o Prado, o Reina Sófia e o Thyssen.

Há muitos destinos interessantes para fazer bate-volta a partir de Madri. Os melhores são: Toledo e Segóvia, ambos levam cerca de 30 minutos de trem.

2

Dia 6

Vá de trem até Córdoba. Durma lá por uma noite e visite a Mesquita Catedral de Córdoba que é espetacular. Uma dica é se hospedar no Hotel Hospes Palacio del Bailio, um hotel 5 estrelas que ocupa um palácio do século XVI no centro histórico de Córdoba.

No dia seguinte, pegue o trem para Sevilha e fique lá por 3 noites. Aqui é um dos destinos com imagens que a Espanha tanto exporta, como o flamenco. E nada melhor do que curtir um show, passe na Casa de La Memoria al-Andaluz ou no Museo del Baile flamenco (da bailarina Cristina Hoyos) e compre os ingressos para o espetáculo à noite. Esta opção sai mais em conta e é menos voltada ao turismo de massa. Caso queira acompanhar um show ao ar livre vá tarde da noite ao bairro de Triana.

Os bares e restaurantes da Calle Mateo Gago são os melhores da cidade e estão recheados com bons chopps e flamenquines, os croquetes de lá.

3

Dia 11

Alugue um carro em Sevilha e saia cedo em direção a Vejer de La Frontera, um pueblo blanco charmosíssimo, a 160km. Aproveite o dia e vá à praia de Tarifa (aquela da Daniela Cicarelli) e durma por lá.

No dia seguinte, aproveite para fazer a Rota dos Pueblos Blancos, uma estradinha muito fotogênica que leva a Arcos de la Frontera e a cidadezinhas minúsculas da Serra de Grazalema. Passe a noite em Ronda.

No dia seguinte, visite a Plaza de Toros, debruçada em um despenhadeiro que já vale a viagem. Em seguida, siga para Granada, a cidade do cheiro de jasmim.

Fique 3 noites em Granada, um bom hotel para se hospedar é o Parador de Granada, com fácil acesso a Allambra, palácio mouro espetacular, é necessário comprar os ingressos, pois tem hora marcada. No site www.ticketmaster.es você encontra.

Dia 16

Pegue um voo para Barcelona e fique lá por mais 4 noites. Esta é a segunda maior cidade da Espanha, só perde para Madri. Lá você vai encontrar muita cultura, natureza, universidades, parques, praias, museus e galerias. Tem design por toda parte. As atrações são infinitas, se for no verão então, nem se compara. Aproveite para visitar o Museo Picasso e se sobrar fôlego inclua uma day trip a Montserrat.

4

Dia 20

Tem um voo da Singapore Airlines que voa Barcelona/São Paulo direto. O voo costuma ser diurno.

Parceiros